Coelba dá dicas sobre como economizar energia em casa

28/08/2020

Mudanças no dia a dia ajudam a reduzir gastos com energia, contribuindo para a preservação do meio ambiente 
Desligar a televisão da tomada quando não estiver assistindo ajuda mesmo a economizar energia? Trocar as lâmpadas por modelos de LED também? E aumentar a temperatura do ar-condicionado? Essas são algumas das pequenas atitudes que podem ser adotadas no dia a dia para reduzir o consumo. A gerente de eficiência energética, Ana Christina Mascarenhas, orienta para a importância da mudança de hábitos e, para isso, desvenda mitos e verdades sobre ações que contribuem para a economia de energia em casa: 

Retirar alguns eletrodomésticos da tomada economiza energia? 
Verdade. 
É importante desligar principalmente TVs, laptops, micro-ondas e aparelhos de som. Mesmo desligados completamente, eles continuam consumindo energia se mantidos na tomada. No modo stand by o consumo é menor, mas existente. 
Por segurança, na hora de tirar da tomada, deve-se puxar segurando o plugue, não o fio, que pode ser danificado e causar choques elétricos. 

Após carregado, manter o laptop ligado na tomada gasta energia. 
Verdade. 
O laptop consome energia mesmo quando desligado completamente. Por isso, vale a mesma orientação dos outros equipamentos, retirá-lo da tomada. E devemos lembrar de não só retirar o carregador do laptop como também da tomada, o carregador possui um circuito interno que consome energia se ligado na tomada. 

O carregador de celular ligado na tomada sem o celular conectado consome energia.
Verdade. 
Mas o consumo é muito baixo. A potência é de cerca de 0,022 W, ou seja, custo mensal  de 1 centavo, se conectado o mês inteiro na tomada. 
Apesar disso, a orientação, por segurança, é de retirá-lo sempre da tomada. Outros alertas para evitar acidentes são de não mexer no aparelho enquanto estiver carregando e sempre utilizar cabos e carregadores originais. 

Lâmpadas de LED iluminam menos do que as fluorescentes e incandescentes. 
Mito. 
O que determina a quantidade de iluminação é o fluxo luminoso, que é medido em lúmens. Uma lâmpada fluorescente de 15 W tem a mesma quantidade de lumens que uma LED de 10W. 
As três informações – fluxo luminoso (lm), eficiência (lm/W) e potência (W) – são descritas nas embalagens das lâmpadas vendidas no mercado. A orientação é de priorizar os modelos de LED, que, além de mais eficientes, duram mais. 

Desligar a geladeira durante a noite. 
Verdade, mas não é aconselhado. 
A economia de energia realmente acontece, mas não se deve desligar, porque algumas bactérias se desenvolvem após duas horas na temperatura ambiente e podem causar contaminação. Algumas delas são patogênicas – não alteram o visual nem o sabor do alimento, mas podem provocar doenças. 

Abrir e fechar a porta da geladeira muitas vezes aumenta o consumo de energia. 
Verdade. 
Na serpentina circula um fluído gasoso que se expande quando o compressor funciona, esse fluido vira gás e resfria a geladeira. Quando   abrimos a geladeira o ar quente entra e é realizado a troca térmica com o gás,  o compressor é acionado para refazer o processo. 

Guardar comida quente na geladeira aumenta o consumo. 
Verdade. 
Quando a temperatura do ar da geladeira aumenta o compressor é acionado e consome energia. 

Equipamentos antigos gastam mais energia. 
Depende da eficiência. 
O consumo depende da eficiência do equipamento, o que pode ser observado na etiqueta do Inmetro. Equipamentos classificados como “A” são mais econômicos. 

Ligar vários aparelhos ao mesmo tempo, como máquina de lavar e ar-condicionado, aumenta o gasto de energia
Mito. 
O consumo é o mesmo quando ligamos todos os equipamentos ao mesmo tempo ou em horários diferentes. O que determina o consumo de energia é a potência do equipamento, multiplicada pela quantidade horas que é utilizado. 

Usar extensão ou o benjamin (T) leva a um gasto maior de energia. 
Mito, mas não é seguro usar vários equipamentos em uma mesma tomada. 
Sobrecarregar o benjamim com uma corrente acima da sua capacidade pode gerar um superaquecimento e até causar incêndios. 

Aumentar a temperatura do ar-condicionado diminui o consumo de energia. 
Verdade. 
Quanto mais alta a temperatura do termostato do ar condicionado menos consumo de energia. 
No caso dos chuveiros, uma orientação importante de segurança é nunca trocar a temperatura quando estiver molhado ou com o aparelho em funcionamento, para evitar choques elétricos. 

Acumular as roupas para passar de uma só vez reduz o consumo de energia. 
Verdade. 
O ferro consome mais energia para aquecer. Assim, passando tudo de uma só vez, há uma economia de energia. 
 
Sobre a Coelba
A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), empresa do Grupo Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).
 


Voltar