Como Solicitar Nossos Serviços



Aqui você poderá efetuar vários serviços e solicitações de forma rápida, prática e com toda comodidade sem sair de casa!​

O serviço de alteração de carga é solicitado quando são instalados novos aparelhos elétricos ou quando é reduzida a quantidade de aparelhos em sua residência. 

Contrate um profissional habilitado (engenheiro, técnico ou eletricista) deverá analisar qual a necessidade do seu imóvel e indicar, se necessário, qual o padrão de entrada (caixa, disjuntor, poste, entre outros materiais) deverá ser escolhido para adequar sua instalação para receber a alteração de carga. Se você já está com o padrão de entrada pronto e já possui a relação de todos os aparelhos instalados, clique aqui e solicite o serviço.

Caso ainda tenha dúvidas quanto à montagem correta do padrão de entrada clique aqui para visualizar todos os tipos de padrão e a correta montagem para cada um deles.

Condições básicas para solicitar o serviço:

O consumidor não deve possuir dívidas com a distribuidora mesmo que em outras contas contratos conforme Art. 128 da Resolução 414 2010.

O padrão do cliente deve está pronto e adequado para a mudança (link para normas e padrões 

Informações necessárias ao solicitar o serviço:

Pessoa física 

*Nome do requerente;
*Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;
*CPF; 
*Carteira de identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, Carteira de Trabalho - CTPS, Carteira Nacional de Habilitação de Trânsito, Passaporte e o Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI no caso de indígenas; Telefone para contato; 

*Pontos de referencia da unidade consumidora 

Pessoa jurídica

*Nome do requerente;
*Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;
*Estatuto ou contrato social da empresa;
*Contrato de Sucessão Comercial;
*CNPJ da empresa;
*Inscrição Municipal/Estadual (se houver);
*Ata ou outro documento de designação do representante legal;
*CPF do representante legal;
*Documento oficial de identificação do representante legal;
*Telefone para contato;
*Pontos de referência da Unidade Consumidora.

Fique ligado: a distribuidora pode atender unidades consumidoras em tensão secundaria de distribuição com ligação bifásica ou trifásica, ainda que não apresente carga instalada suficiente para tanto, desde que o interessado se responsabilize pelo pagamento da diferença de preço do medidor, pelos demais matérias e equipamentos de medição a serem instalados e eventuais custos de adaptação da rede. Você pode consultar mais informações no art. 73 da Resolução nº 414/2010 da ANEEL.

Confira abaixo o valor do serviço: 

DIFERENÇA DE MEDIÇÃO
TIPO DE LIGAÇÃO
TENSÃO
LIMITE
VALOR
Monofásico para Bifásico
380/220
Até 08 kW
R$ 147,97
Monofásico para Bifásico
380/220
De 8,1 kW a 15 kW
R$ 92,05
Monofásico para Trifásico
380/220
Até 08 kW
R$ 251,75
Monofásico para Trifásico
380/220
De 8,1 kW a 15 kW
R$ 195,84
Bifásico para Trifásico
380/220
Até 15 kW
R$ 103,78
Bifásico para Trifásico
380/220
De 15,1 kW a 25 kW
R$ 70,24
Monofásico para Bifásico
220/127
Até 5 kW
R$ 147,97
Monofásico para Bifásico
220/127
De 5,1 kW a 10 KW
R$ 92,05
Monofásico para Trifásico
220/127
Até 5 kW
R$ 251,75
Monofásico para Trifásico
220/127
De 5,1 kW a 10 kW
R$ 195,84
Bifásico para Trifásico
220/127
Até 15 kW
R$ 103,78
Bifásico para Trifásico
220/127
De 15,1 kW a 25 kW
R$ 70,24


ATENÇÃO:
As exigências de projeto devem ser estritamente por ordem técnica que venham a impossibilitar a realização da ampliação de carga, a exemplo de: 

*Carga superior a 50kw – conforme estabelecido nas normas de fornecimento BT.
*Não existir espaço suficiente para a instalação da caixa polifásica ou substituição da caixa monofásica pela polifásica.
*Quadro em péssimo estado de conservação, constatado na vistoria, onde todo o quadro deverá ser condenado e um novo quadro deve ser projetado.

Obs.: Se houver necessidade de projeto, o orçamento será informado após elaboração do mesmo.

Qual a melhor data para pagar sua conta de energia? 

A Coelba
tem datas de vencimentos diferentes, para agradar todo mundo e facilitar o pagamento em dia, sem multa e sem juros. 

Confira as orientações:

Condições básicas para solicitar o serviço
• Em intervalo não inferior a 12 meses do pedido inicial.

Informações necessárias ao solicitar o serviço
• Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora.

Valor do serviço
• Não há cobrança de taxa para este serviço.

Como solicitar
• Através do nosso site www.coelba.com.br. Para solicitar agora clique aqui​.
Em caso de mudança de endereço, solicite o encerramento definitivo do contrato da antiga unidade consumidora para evitar futuras cobranças. 

Desligamento Definitivo é o encerramento da relação contratual entre a Coelba e o consumidor. 

Informações necessárias ao solicitar o serviço
• Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;
• Leitura atual do medidor para emissão de fatura final;
• Caso o cliente não informe a leitura, a fatura final será estimada;
• Endereço e pontos de referência da Unidade Consumidora;
• CPF;
• RG ou outro documento com foto;
• Certidão de óbito para os casos de falecimento do titular.

Valor do serviço
• Não há cobrança de taxa para este serviço.

Como solicitar
• 
Através do nosso site www.coelba.com.br. Para acessar agora, clique aqui​.
Nós da Coelba temos o compromisso de aprimorar a qualidade do nosso serviço, aliado ao cuidado no atendimento de cada cliente. 

Sugira como podemos aperfeiçoar o nosso atendimento. Por isso, quando precisar faça sua reclamação, elogio ou sugestão por meio de um dos nossos canais de atendimento:

 - Teleatendimento;
 - Lojas de Atendimento;
 - Rede Credenciada.​ 


Escolha o formato que você quer receber a sua conta de luz (por e-mail ou em papel) e o endereço, que pode ser no próprio imóvel ou em outro endereço de sua escolha.

Para cadastrar o recebimento da conta em outro local, o novo endereço tem que ser no Estado da Bahia.

Confira as principais informações necessárias para solicitar o serviço
*Nome completo do responsável pelo recebimento da conta;
*Telefone para contato;
*Número da (as) Conta (as) Contrato que você quer alterar;
*Número da Conta Contrato no qual consta o endereço que deseja receber sua(s) conta(s).
*Endereço completo, inclusive com o CEP, do local de entrega da conta de energia;
*Complemento do endereço da entrega da conta (ex.: empresa, aptº, ponto de referência)

Valor do serviço
Para este serviço o valor cobrado é de R$ 2,19 (dois reais e dezenove centavos). 

Como solicitar
Para solicitar o serviço clique aqui.


Obs.:
 Os deficientes visuais podem solicitar gratuitamente o envio mensal de uma cópia da conta de luz escrita em Braille (clique aqui).

Opte por receber suas próximas contas de luz exclusivamente por e-mail. É prático, rápido, seguro, tem maior privacidade, agilidade e ainda é possível cadastrar mais de um e-mail para o recebimento da conta. Clique aqui e cadastre.  ​ 

Religação é um serviço prestado pela Coelba com o objetivo de restabelecer o fornecimento de energia elétrica à unidade consumidora​.

Condições básicas para solicitar o serviço
• Não existir débito na Conta Contrato;
• Estar com as instalações elétricas de acordo com as normas técnicas.

OBS.: A comprovação da quitação com a Coelba poderá ser feita no momento da religação, através da apresentação dos comprovantes; se no momento da religação não houver ninguém no imóvel, por motivo de segurança, o disjuntor geral do quadro de medição ficará desligado (aberto).

Informações necessárias ao solicitar o serviço
• Nome completo;
• Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;
• Endereço e pontos de referência da Unidade Consumidora.
​Telefone

Como solicitar
Solicite o serviço de religação através do aplicativo pelo Google Play ou Apple Store​ ou acessando nossa Agência Virtual. 

Importante: Quando a solicitação para a religação ocorrer após as 18h ou em dia não útil, o início da contagem dos prazos se dá a partir das 8h da manhã do dia útil subseqüente.

Taxas:

​Monofá​sica: R$ 7,43​​
​Bifásica:  R$ 10,23
​Trifásica: R$ 30,72
​Grupo A: R$ 93,18

Precisa da 2ª via de sua conta de energia ou consultar algum débito em aberto?

É muito simples!  Na Agência Virtual, além da segunda via você pode consultar débitos em aberto sem custo. 

Basta apenas ter em mãos o 
Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora.

Acesse aqui e confira!

Você também encontra esses serviços em nosso aplicativo disponível n
Google Play ou Apple Store. ​
A Declaração Anual de Débitos comprova o pagamento de todos os débitos referentes ao ano anterior (janeiro a dezembro), emitida pela distribuidora, sem custo para o cliente. O documento é impresso na própria fatura até o mês de maio, comprovando que todos os débitos do ano anterior foram quitados.

 

Confira como solicitar a segunda via da Declaração em uma de nossas Lojas de Atendimento: 


Condições básicas para solicitar o serviço
• Não existir débitos na Coelba.


Informações necessárias ao solicitar o serviço
• Nome do responsável;

• Endereço completo;

• Telefone para contato;

• Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;

• Período inicial e final da Declaração;

• Motivo da Declaração.

 

Valor do serviço

A solicitação da segunda via nas lojas de atendimento gera a cobrança de uma taxa de R$ 2,65 (dois reais e sessenta e cinco centavos) para Grupo B e R$ 5,33 (cinco reais e trinta e três centavos) para Grupo A. 


Obs: Lembramos que o valor cobrado é regulatório.  

 

Para solicitar a segunda via, por meio do nosso site, sem custo, você precisa apenas da conta contrato. Clique aqui para solicitar.

A Via para Pagamento é uma forma rápida de obter sua fatura de forma resumida para pagamento.

Condições básicas para solicitar o serviço
• Não há qualquer condição para solicitar a via para pagamento.

Informações necessárias ao solicitar o serviço
• Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora e mês de referência.

Formas e prazos para recebimento da Via para pagamento
• O cliente pode retirar a Via para pagamento de imediato pela Internet.

Valor do Serviço
• Não há cobrança de taxa para este serviço.

Como solicitar
• Por meio do nosso site: www.coelba.com.br. Clique aqui e solicite.

Você também encontra esse serviço em nosso aplicativo pelo Google Play ou Apple Store

Na sua residência existe uma pessoa que depende de equipamentos elétricos indispensáveis à vida?

A Coelba sabe o quanto a energia é essencial, por isso, nós não paramos de pensar em nossos clientes e queremos que você fique sempre muito bem informado.  

Confira abaixo as principais informações: 

O que é esse benefício?

A energia elétrica significa muito mais do que conforto na vida de muitas pessoas. É por isso que a Coelba oferece atendimento especial para clientes de unidade consumidora residencial que utilizam Home Care (Internação domiciliar) com uso de equipamentos elétricos de autonomia limitada, essenciais para a sobrevivência.

Quais as vantagens desse benefício?

*Isenção da cobrança do ICMS, no consumo de energia elétrica, durante o período em que for necessário ser mantido o uso de equipamento elétrico com autonomia limitada destinado à preservação da vida humana na unidade consumidora (Decreto Estadual nº 10.072, de 15/8/2006);

*Notificação diferenciada em caso de suspensão do fornecimento por inadimplemento, conforme prazos e casos previstos na regulamentação vigente, condicionada a entrega, pela distribuidora ao consumidor, de notificação escrita, específica e com entrega comprovada

*Recebimento de um aviso específico, de forma preferencial e obrigatória, informando a previsão de desligamento programado no fornecimento de energia para realização de manutenção ou melhoramento na rede de distribuição (incluindo data e horário de início e de término), com antecedência mínima de 05 (cinco) dias úteis em relação à data da interrupção;

*Prioridade no restabelecimento do fornecimento, quando ocorrer desligamento não programado envolvendo o circuito elétrico que atende à unidade consumidora, uma vez que não se pode assegurar o fornecimento ininterrupto.

Como se cadastrar?

Para ter direito ao atendimento diferenciado, o cliente deverá dirigir-se a uma de nossas Lojas de Atendimento ou Rede Credenciada mais próxima e apresentar os seguintes documentos:

*RG e CPF do titular da conta contrato;

*RG e CPF do beneficiário, quando for o caso;

*Atestado subscrito por profissional médico, constando obrigatoriamente: número do CID, número do CRM e prazo de utilização dos equipamentos.

Observação: Na inexistência do RG, o cliente poderá apresentar outro documento de identificação oficial com foto.

​Será um prazer tê-lo (a) como nosso cliente. Confira abaixo algumas informações úteis e saiba como solicitar a ligação de sua Unidade Consumidora, atendida em baixa tensão.

Para que a energia chegue à sua unidade, você deve providenciar a instalação do Padrão de Entrada​, um conjunto composto de caixa de medição, sistema de aterramento, condutores e outros acessórios indispensáveis para que a ligação elétrica seja realizada conforme as normas técnicas. A correta instalação agiliza o atendimento, evita custos de correção e de taxas extras. 

Clique aqui​ e confira as Normas Técnicas. 

Observação: Para ligação acima de 5 unidades ou com carga superior a 50 kW, será necessário um projeto técnico. Para quadros de medição com mais de duas unidades consumidoras, será necessário o barramento.  

Confira a documentação necessária:

Pessoa Física 
O titular (ou seu representante legal) deverá apresentar: 

*CPF (válido - caso não esteja nulo e/ou cancelado).
*Carteira de Identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); e o Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI, no caso de indígenas.

Pessoa Jurídica
CNPJ válido.
Inscrição Municipal e/ou Estadual (se houver).
Estatuto ou contrato social da empresa.
Representante legal: CPF - válido, RG ou, na ausência deste, outro documento oficial de identificação com foto e o Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI, no caso de indígenas.
Ata de reunião assinada por todos os condôminos elegendo o síndico ou outro documento de designação do representante legal. 

Documentação do Representante Legal:
*CPF (válido)
*Carteira de Identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, carteira de Trabalho, carteira de Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); 

ATENÇÃO: Para efetuar o pedido de ligação o solicitante não pode ter débitos vencidos junto à Coelba referentes a outras unidades.  Após a geração da nota de serviço, os prazos para vistoria são de 3 dias úteis para unidade localizada em área urbana e 5 dias úteis para área rural. Aprovadas as instalações, os prazos para ligação são de 2 dias úteis para área urbana e 5 dias úteis para área rural. Caso haja alguma irregularidade, os prazos de vistoria e ligação serão reiniciados a partir da sinalização da correção. 

Fique atento! Unidades situadas em Área de Proteção Ambiental ou de Patrimônio Histórico precisam de autorizações e orientações específicas. 

Contrate um profissional habilitado (engenheiro, técnico ou eletricista) deverá analisar qual a necessidade do seu imóvel e indicar, se necessário, qual o padrão de entrada (caixa, disjuntor, poste, entre outros materiais) deverá ser escolhido para adequar sua instalação para receber a alteração de carga. Clique aqui e confira as Normas Técnicas. 

Clique aqui e solicite o serviço.
Se você comprou ou alugou um imóvel, solicite a troca de titularidade para o seu nome. Confira abaixo como solicitar: 

Documentação necessária:

Pessoa Física
*CPF (válido – caso não esteja nulo e/ou cancelado);
*Carteira de identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, Carteira de Trabalho - CTPS, Carteira Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); e
*Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI no caso de indígenas

Pessoa Jurídica
*Estatuto ou contrato social da empresa;
*Contrato de Sucessão Comercial se for o caso;
*CNPJ da empresa (válido);
*Inscrição Municipal/Estadual (se houver);
*Ata ou outro documento de designação do representante legal;
*Documentação do Representante Legal
*CPF (válido – caso não esteja nulo e/ou cancelado);
*Carteira de identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, *Carteira de Trabalho - CTPS, Carteira Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); e
*Registro Administrativo de Nascimento Indígena RANI no caso de indígenas

Fique atento! O serviço poderá ser negado caso o novo titular possua débitos com a distribuidora, mesmo em outros endereços. E em caso de débitos no imóvel em nome do antigo titular, será necessária a apresentação da documentação que comprove posse ou propriedade do imóvel em uma de nossas Lojas de Atendimento ou Rede Credenciada. 

Clique aqui para fazer sua solicitação.​

Você sabe de quem é a responsabilidade pela poda preventiva de árvores? É da Prefeitura Municipal da sua cidade! 

Nós da Coelba realizamos a poda apenas quando os galhos já estão próximos ou em contato com a rede elétrica, para prevenir acidentes e não comprometer a qualidade da energia. ​

Em área particular, esse serviço também pode ser realizado por qualquer profissional devidamente capacitado, que domine técnicas apropriadas normalmente autorizado pela prefeitura. 

A realização inadequada de podas em árvores próximas à rede elétrica pode oferecer risco.

Entre em contato com a Coelba e solicite o desligamento temporário da energia para a execução dessa atividade.

Confira abaixo algumas informações úteis e saiba como solicitar o deslocamento/relocação ou remoção de poste de sua Unidade Consumidora.

Sempre que desejar um deslocamento/relocação ou remoção de poste é necessário detalhar a solicitação para entender se existe risco de segurança.

Além disso, é muito importante que tenha conhecimento sobre o valor médio desse serviço. Conforme os artigos 44 e 102, da Resolução Normativa 414/2010 da ANEEL, é responsabilidade do interessado o custeio das obras de deslocamento ou remoção de poste e rede.

Custo Médio de Relocação/ Deslocamento ou remoção de rede = R$8.500,00.  

Prazo para atendimento da solicitação será definido conforme cronograma da distribuidora, a depender da característica da obra.

Veja como é fácil identificar as situações:

Situação 1. Remoção/deslocamento SEM risco

Considera-se nestes casos, por exemplo, a solicitação de deslocamento de poste que não envolve risco de segurança, a exemplo de um deslocamento de um poste situado na frente de uma garagem. 

remocao-deslocamento-sem-risco.jpg

Situação 2. Remoção/deslocamento COM risco

Considera-se nestes casos, por exemplo, a solicitação de deslocamento de rede que envolve risco de segurança, a exemplo de deslocamento próximo a fachadas, principalmente quando em obras. 

Para esses casos é válido lembrar que a nossa equipe realizará uma visita técnica para avaliar a situação e, caso seja evidenciada uma negligência por parte do cliente (como por exemplo, obras próximas da rede), o mesmo será notificado sobre a sua participação financeira com relação aos custos da obra de intervenção de segurança.  

remocao-deslocamento-com-risco.jpg

Confira a documentação necessária:

Pessoa Física 
O titular (ou seu representante legal) deverá apresentar:
*CPF (válido - caso não esteja nulo e/ou cancelado).
*Carteira de Identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); e o Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI, no caso de indígenas.

Pessoa Jurídica
*CNPJ válido.
*Inscrição Municipal e/ou Estadual (se houver).
*Estatuto ou contrato social da empresa.
*Representante legal: CPF - válido, RG ou, na ausência deste, outro documento oficial de identificação com foto e o Registro Administrativo de Nascimento Indígena - RANI, no caso de indígenas.
*Ata de reunião assinada por todos os condôminos elegendo o síndico ou outro documento de designação do representante legal. 

Documentação do Representante Legal:
*CPF (válido)
*Carteira de Identidade ou, na ausência desta, outro documento oficial de identificação com foto: Carteira de Identidade Profissional, carteira de Trabalho, carteira de Nacional de Habilitação de Trânsito (válido), Passaporte (válido); 


ATENÇÃO:
Para efetuar o pedido de ligação o solicitante não pode ter débitos vencidos junto à Coelba referentes a outras unidades.

Fique atento! Unidades situadas em Área de Proteção Ambiental ou de Patrimônio Histórico precisam de autorizações e orientações específicas. 

Informações necessárias ao solicitar o serviço:

  •  Apenas o titular da unidade consumidora ou seu representante legal pode registrar a Solicitação de Ressarcimento de Danos Elétricos.

  • O cliente tem 90 dias corridos contados a partir da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento para registrar a sua solicitação.

  • A obrigação de ressarcimento se restringe aos danos elétricos informados no momento da solicitação, podendo o consumidor efetuar novas solicitações de ressarcimento de danos oriundos de uma mesma perturbação, desde que observado o prazo de 90 dias corridos contados a partir da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento.

  • O solicitante tem a obrigação de:
    • Fornecer à distribuidora todas as informações requeridas para análise da solicitação.

    • Permitir o acesso aos equipamentos objeto da solicitação e à unidade consumidora de sua responsabilidade quando devidamente requisitado pela distribuidora;

    • Não consertar o equipamento objeto da solicitação no período compreendido entre a ocorrência do dano e o fim do prazo para verificação, exceto sob prévia autorização da distribuidora.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

  • Nome do titular;
  • Telefone de contato;
  • Número da Conta Contrato da Unidade Consumidora;
  • Informações que demonstrem que o solicitante é o titular da unidade consumidora, ou seu representante legal;
  • Endereço e no máximo dois pontos de referência da Unidade Consumidora;
  • Data e horário prováveis da ocorrência do dano;
  • Relato do problema apresentado pelo equipamento elétrico;
  • Descrição e características gerais do equipamento danificado, tais como: marca, modelo e número de série (opcional);
  • Informação sobre o meio de comunicação de sua preferência (e-mail ou carta);
  • Outras informações que julgar necessárias.

  

PRAZOS

 

Verificação (vistoria) do Equipamento

1 dia útil para solicitação URGENTE, que possua equipamento utilizado para o acondicionamento de alimentos perecíveis ou de medicamentos;

10 dias corridos contados a partir da data de solicitação do ressarcimento, para solicitação NORMAL (demais equipamentos);

 

Resposta da Solicitação

15 dias corridos a partir da verificação ou da abertura caso não seja realizada a verificação.

 

Prazo de Entrega da Documentação

Prazo de até 90 dias corridos para fazer a entrega na Loja de Atendimento ou credenciado mais próximo.

 

A distribuidora tem o prazo de 15 dias corridos a partir da entrega dos documentos para emitir a resposta da solicitação.

Não havendo verificação e nem a solicitação de documentos o prazo de resposta é de 15 dias corridos a partir da abertura da nota.


Prazo de Ressarcimento

No caso de deferimento, a distribuidora deve efetuar o ressarcimento por meio do pagamento em moeda corrente, conserto ou substituição do equipamento danificado em até 20 (vinte) dias, contados da data da resposta ou do vencimento do prazo da resposta.

 

Como solicitar:

Clique aqui​ para solicitar. ​