Evite Acidentes



Segurança em Casa

Cuidados com o chuveiro elétrico

Para não ter problemas com o chuveiro elétrico, é importante que a instalação seja feita de maneira correta, com o fio terra do equipamento conectado diretamente ao aterramento da residência. Conectá-lo em pregos na parede do banheiro, no fio neutro da Coelba, ou no cano d'água são procedimentos perigosos. Além disso, não mude a chave de regulagem da temperatura enquanto toma banho, pois se houver vazamento de corrente elétrica, o risco de levar um choque é muito grande.

Segurança na Rua

• Não construa junto de redes elétricas.
• Não suba em postes ou estruturas da Coelba e não se aproxime de fios partidos.
• Não energize cercas nem tente podar árvores próximas à rede elétrica.
• Não solte pipas ou arraias perto a rede elétrica.

Segurança nas Férias

​O período de férias escolares das crianças exige dos pais uma atenção redobrada durante todo o dia para evitar acidentes domésticos, inclusive aqueles que envolvem a energia elétrica. Para ajudar as famílias a minimizarem os riscos de choque elétrico, segue orientações que devem ser tomadas diariamente nas residências, casas de praia ou mesmo em hotéis e pousadas.

Principais dicas para evitar acidentes com crianças:
1. Mantenha as crianças longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Use tomadas no novo padrão ou utilize protetores;
2. Mantenha as instalações elétricas em bom estado. Não use fios emendados, velhos ou danificados;
3. Água e eletricidade não combinam: mantenha os aparelhos elétricos longe de água e ao utilizar qualquer equipamento esteja sempre calçado e com as mãos enxutas;
4. Para soltar pipas procure lugares abertos, afastados da rede elétrica;
5. Não use cerol. Além do risco de ferir ou mesmo matar, o cerol costuma cortar os fios;
6. Nunca use fios metálicos nem papel laminado para confeccionar a pipa, eles são como condutores de energia e podem causar choques fatais;
7. Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, nunca tente retirá-la;
8. Não solte pipas em dias de chuva ou vento muito forte. Em caso de relâmpagos, recolha a pipa imediatamente.
9. Energizar cercas, muros ou portões pode causar acidentes.
10. Não jogue objetos na rede de energia elétrica, como arames, correntes e cabos de aço;
11. Ao ligar ou desligar um eletrodoméstico da tomada, segure pelo plug (parte rígida isolante), e nunca puxe pelo fio;
12. Fique atento: usar o "T" (benjamim) em caráter definitivo é perigoso, podendo causar curtos circuitos e incêndio;
13. É extremamente perigoso subir em postes, torres de alta tensão ou invadir subestações. Mantenha distância de fio caído ou partido, previna as pessoas para que se afastem do local e ligue imediato para a Coelba.

Além dos alertas em períodos de férias, a Coelba realiza campanhas junto à população, em associações de moradores, em escolas, em centros comunitários e junto com o caminhão do Projeto Educação com Energia.
Em casos de acidentes com energia elétrica providencie socorro ligando para o Corpo de Bombeiros (193) ou para o Samu (192) e desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral. Não se aproxime da vítima ou do fio elétrico sem saber se está desligado.

Primeiros Socorros

CHOQUE ELÉTRICO. O QUE FAZER?

1. Em caso de acidentes com choque elétrico é necessário rapidez na providência de um socorro para salvar a vítima. Para isso, é fundamental agir corretamente utilizando os procedimentos de primeiros socorros;

2. Procure livrar a vítima da corrente elétrica desligando, se possível, a chave geral e pedindo ajuda para chamar socorro médico;

3. Afaste o condutor de eletricidade da vítima. Se não conseguir desligar a chave geral, tente esse afastamento através de objetos isolantes, tais como pedaços de madeira secos, cano de plástico e sapatos com solado de borracha para que você também não receba a descarga;

4. Uma vez afastado do condutor, certifique-se que não há riscos para a sua vida inicie os procedimentos de ressuscitação artificial: desobstrua as vias respiratórias da vítima, realize a respiração de socorro (boca-a-boca) e, se for necessário, faça massagem cardíaca externa.

Como Fazer Respiração Artificial (Boca a Boca)?

1. Coloque a vítima em uma superfície plana e firme, incline sua cabeça para trás, para abrir as vias respiratórias. Retire próteses dentaduras (se estiver fora do lugar), alimentos ou qualquer objeto que possa sufocar a vítima. (figura1);


                                            primeiros-socorros-fig1.jpg

2. Certifique-se que a vítima não respira e aperte as narinas a fim de impedir a saída do ar. Tome fôlego, coloque sua boca sobre a boca da vítima e sopre até aparecer elevação do peito. Em crianças (até 1 ano de idade) realize a respiração boca a boca-nariz.


3. Após 2 sopros iniciais, verifique (pela carótida) se há pulsação. Se não houver pulsação, realize mais 2 sopros e inicie a massagem cardíaca externa. Em adultos faça 15 compressões (massagens) e 02 sopros. Em crianças 05 compressões e 01 sopro. (figura 2);


                                                   primeiros-socorros-fig2.jpg


4. Se a vítima voltar a respirar e o coração voltar a bater, interrompa a massagem ea respiração, mantendo controle da situação, até a chegada do socorro médico;



Como Fazer a Massagem Cardíaca?

1. Coloque a vítima em uma superfície plana e firme, em seguida, localize, com os dedos indicador e médio, Coloque os dedos indicador e médio na artéria carótida da vítima (localizada no pescoço, ao lado do pomo-de-adão) para sentir a pulsação. Se houver parada cardíaca, você não sentirá pulsação na artéria e as pupilas (meninas dos olhos) estarão grandes.

2. Para localizar o coração, mova o dedo indicador na direção da garganta até o esterno (osso situado entre um peito e outro).

3. Coloque a palma da sua mão sobre o osso esterno e sua outra mão sobre a primeira. Os dedos não devem tocar as costelas.

4. Comprima o esterno, fazendo pressão suficiente para fazê-lo baixar mais ou menos 5 centímetros. Após cada compressão, relaxe a mão sem removê-la, para permitir a expansão do peito da vítima.


                                                primeiros-socorros-fig3.jpg


 
ATENÇÃO:

Em crianças até 1 ano de idade, faça massagem utilizando o seu polegar.

Em crianças de 1 a 8 anos, faça a massagem utilizando a palma da mão.


Quando interromper o socorro ?

• Se a vítima apresentar pulso/respiração;

• Se o socorrista se apresentar exausto;

• Ao entregar para socorro médico.
 

RELAÇÃO COMPRESSÃO X SOPRO


• 15 compressões/ 2 sopros, em adultos e 05 compressões e 01 sopro em crianças.